Empreendedoras em Movimento: A sustentabilidade como protagonista

26/11/2021

Heloisa Helena Lopes e Gabriel Ramirez
Heloisa Helena Lopes e Gabriel Ramirez

 

 

Em tempos em que a preocupação com o aquecimento do planeta ganha novas dimensões, a sustentabilidade deixa de ser um objetivo distante para se tornar relevante para as organizações e os negócios. Pensamento diferenciado que foi comprovado no 4º Empreendedoras em Movimento – Exposição & Conhecimento.  Com o tema O Futuro dos Negócios: Colaborativo, Inovador e Sustentável, o primeiro evento presencial do Núcleo de Mulheres da ACIST-SL – devido às flexibilizações das regras da pandemia –, ocorreu nesta quinta-feira (25), no Espaço Juntos Sicredi/Unisinos.

 

Leia mais sobre a 4ª edição do Empreendedoras em Movimento AQUI.

 

https://acistsl.com.br/noticia/empreendedoras-em-movimento--paineis-refletem-o-futuro-dos-negocios-e-das-pessoas

 

 

https://acistsl.com.br/noticia/empreendedoras-em-movimento--nucleadas-da-acist-sl-expoem-em-primeiro-evento-presencial

 

 

 

A coordenadora do Núcleo, Maria Inês Führ, assinalou que a união da sustentabilidade com inovação não faz mais parte do futuro e sim do agora. “Não tem mais volta a necessidade das empresas em estabelecer novos protocolos para o meio ambiente”. E para tanto, o Núcleo fez uma parceria com a Apoena Socioambiental, que prestou consultoria sobre como reduzir o impacto ambiente no evento e também demonstrou como fazer a compostagem em apartamentos, dentre outras dicas. “Há atitudes simples que podem ser feitas no dia a dia que reduzem muito o impacto ambiental”, ressaltou Joice Pinho Maciel, sócia da empresa.

 

A colaboração também marcou o evento. Foram as integrantes da Cooperativa Atitude Feminina (Cooperart), que costuraram as 120 sacolas recicláveis do evento Empreendedoras em Movimento, com material cedido pelas nucleadas, que foram vendidas ao preço de R$ 20,00. Recurso que retornará para as integrantes para prosseguimento das atividades. A Atitude Feminina tem parceria com a Associação Isaura Maia, que por meio de sua unidade filial Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) Padre Orestes é a entidade guarda-chuva da Cooperat. No espaço, elas produzem pães, costuram máscaras, transformam óleo de cozinha usado em sabão e preparam sopa, que é distribuída para a comunidade aos sábados – são cerca de 170 porções.

 

Empreendedorismo - Convidada para fazer a abertura do evento, a vice-presidente da Sicredi Pioneira, Heloisa Helena Lopes, apontou que o empreendedorismo feminino já começa na infância e do qual não nos damos conta. “Por isto, tenho certeza que de têm histórias extraordinárias para contar sobre isto”. Ela destacou que o empoderamento feminino está na capacidade de realizarmos mudanças necessárias, citando a frase “Competências humanas, empatia, criatividade, coragem e protagonismo são o diferencial”, de Cristina Palmaka, presidente da SAP para América Latina e Caribe. Ao lembrar que 19 de novembro foi o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino e que há mais de 24 milhões de empreendedoras no Brasil, Heloísa adiantou que um banco europeu está investindo mais de US$ 80 milhões na Sicredi Pioneira para a criação de uma linha de financiamento específica para empreendimentos femininos.

 

O patrocínio do evento foi das empresas Étika Gestão Condominial, Gestão para Pessoas: Gewandt + KWC + D'Scherer, Pratika Soluções Condominiais,  Sicredi Pioneira, Oliva Construtora, PoloFilms, Matriz Farmacêutica e Loja La Core e o apoio da Floricultura Recanto da Flor do Campo e Casa Caminho Padre Orestes.

 

Fonte: Imprensa ACIST-SL | SENHA Comunicação Integrada

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top