Universidade Feevale lança curso de graduação inédito no país

20/11/2020

 

 

A Universidade Feevale lançou nesta terça-feira, 17, o curso de graduação em Processos de Inovação. Com temática e formato inéditos no Brasil, o curso superior de tecnologia será oferecido a partir deste processo seletivo. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.feevale.br/processosdeinovacaodigital.

 

O reitor Cleber Prodanov destaca que a Feevale inova mais uma vez e coloca o estudante de fato no século XXI, seja pela metodologia de trabalho ou pelos temas abordados no curso. “A proposta é muito focada nas empresas que querem e precisam inovar. É uma formação voltada a atender empresas que estão localizadas em ecossistemas de inovação, que querem criar suas spin-offs ou startups que necessitam de pessoas com formação tanto na área de inovação como de empreendedorismo, e com uma visão de mercado”, afirma. 

 

Prodanov ressalta, ainda, que o curso, que é digital e em módulos, é inovador tanto na sua forma como na sua concepção. “Acredito que vai ser muito importante para que possamos trabalhar a questão do desenvolvimento local e regional, tendo como base a tecnologia e a inovação”, opina.

 

O diretor do Instituto de Ciências Criativas e Tecnológias, João Mossmann, lembra que a Universidade Feevale é reconhecida, internacionalmente, pela qualidade de sua formação com foco no aluno. “Nesse contexto, apresentamos uma combinação inédita de ações que originam esse novo curso, conjugando nossa expertise na área, a infraestrutura da Instituição e seus ambientes de inovação, juntamente com as empresas e startups neles instalados”, salienta, acrescentando que o curso prepara o estudante para as atuais exigências e antecipa as necessidades do mercado. 

 

Mentorias e hackathons

 

Com 1.600 horas, o curso de Processos de Inovação é dividido em quatro módulos semestrais: Inovação e Criatividade; Mundo do Trabalho, Sociedade e Inovação; Inovação para o Mercado; e Tecnologias e Computação. Oferecido na modalidade digital, haverá encontros presenciais quinzenais nos ambientes de inovação da Feevale: Hub One (Novo Hamburgo), Hub One (Porto Alegre) e Incubadora Tecnológica (Campo Bom).

 

Segundo o coordenador do curso, Jefferson Dobner Sordi, os encontros presenciais serão transmitidos e podem ser acompanhados pelos estudantes de sua própria casa. “Nas semanas intercaladas, serão ofertadas aulas on-line, com conteúdos móveis e hot topics do tema do módulo. Nos encontros presenciais serão desenvolvidas atividades práticas, orientadas a partir de uma aprendizagem baseada em problemas”, explica.

 

Sordi diz, ainda, que o conteúdo do ambiente será complementado com um “caderno de ativação”, composto de atividades a serem realizadas pelos alunos entre os encontros presenciais e que se relacionam com o problema a ser desenvolvido a partir do Problem Based Learning (PBL), aprendizagem baseada em problemas. “Também haverá mentoria aos estudantes, fazendo com que haja um acompanhamento do desenvolvimento acadêmico e pessoal em seus projetos”, ressalta. As mentorias serão conduzidas por professores especialistas nas áreas de negócios, inovação, design e tecnologia, que trazem consigo uma bagagem de experiência para compartilhar com os estudantes e contribuir com sua jornada de aprendizado.

 

A cada semestre, o estudante terá a oportunidade de desenvolver projetos. Os três primeiros acontecerão no formato de hackathon. Serão propostas imersões de 40 horas, onde os alunos buscarão resolver problemas e desafios de empresas parceiras do curso. O último projeto, realizado no quarto semestre do curso, dá ao estudante a possibilidade de escolha entre desenvolver um projeto de negócio junto ao Feevale Techpark ou propor uma solução de inovação para a empresa em que atua.

 

Fonte: imprensa Feevale

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top