Unisinos oferece mais de 300 bolsas integrais do Prouni neste semestre

Período de inscrição ocorre de 12 a 15 de janeiro

11/01/2021

 

A Unisinos vai ofertar, neste primeiro semestre de 2021, 327 vagas para alunos bolsistas via ProUni - Programa Universidade para Todos. As bolsas integrais são para os cursos de graduação nas modalidades Presencial, Híbrida e EAD. Para concorrer, é necessário realizar a inscrição pelo site do Ministério da Educação, no período de 12 a 15 de janeiro, utilizando a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019.

 

Vestibular

 

Para quem não preenche os requisitos do Prouni, a universidade oferece outras possibilidades de bolsas e descontos que podem ser conferidas através do site unisinos.br/graduacao, na opção Bolsas e Incentivos. As inscrições para o Vestibular de Verão da Unisinos já estão abertas e são gratuitas. Para os cursos Presenciais e Híbridos, seguem, respectivamente, até os dias 22 e 28/2. Para o EAD, o ingresso no primeiro semestre de 2021 ocorre em duas etapas, sendo a primeira com os aprovados que se inscreverem no vestibular até 28/2 e a segunda até 8/5. Por questões de segurança, devido à pandemia, a prova é realizada de forma online, estando disponível ao candidato assim que a inscrição é finalizada. A avaliação será feita através de uma prova de redação.

 

 

Confira os requisitos necessários para a inscrição no ProUni:

    Ser brasileiro não portador de diploma de curso superior;

    Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem referente à edição de 2019 e ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas, além de nota superior a zero na redação;

    Ter renda familiar bruta de até um salário mínimo e meio por pessoa, para bolsas integrais;

    Atender a pelo menos uma das condições a seguir:

 

I - Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;

 

II - Ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

 

III - Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

 

IV - Ser pessoa com deficiência (sem limite de renda);

 

V - Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, conforme disposto no art. 3º do Decreto nº 5.493, de 18 de julho de 2005 (sem limite de renda).

 

Fonte: Imprensa Unisinos

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top