Taurus realiza Investors Day Apimec e mostra estar preparada para enfrentar os desafios do presente e do futuro

07/12/2023

 

 

 

A Taurus Armas, listada no Nível 2 de Governança Corporativa da B3 (Símbolos: TASA3, TASA4), realizou seu Investor Day 2023, em parceria com a APIMEC (Associação dos Profissionais de Investimentos de Mercado de Capitais), nesta quarta-feira, 6 de dezembro de 2023.

 

A reunião aconteceu presencialmente em São Paulo, na loja conceito AMTT (Armas, Munições, Tiro e Treinamento), e foi uma oportunidade para os analistas e investidores adquirirem mais conhecimento sobre a empresa, os resultados, mercado e perspectivas para 2024, além de conhecerem o completo portfólio de produtos da Taurus. O evento contou com a presença do megainvestidor brasileiro Luiz Barsi, segundo maior acionista da Taurus.

No encontro, o CEO Global da Taurus, Salesio Nuhs, revelou que as armas da companhia para enfrentar os desafios do presente e do futuro são: a excelência, a força e o vigor. A empresa, que completou recentemente 84 anos de história e diferentes ciclos, encerra 2023 com uma estrutura eficiente e moderna, com investimento constante em inovação, alta capacidade produtiva (5,8 mil armas fabricadas por dia), redução de perdas (lucro bruto de 513,1 milhões nos 9 meses de 2023 – jan. a set./23) e baixo custo (margens brutas superiores à média de empresas estrangeiras do setor, de 37,5% no 3º trimestre de 2023).

 

Salesio Nuhs relembrou o caminho percorrido desde 2018 até chegar a esta fase atual de solidez da companhia, passando por mudanças estruturais (de gestão, produção e logística), renovação e ampliação do mix de produtos, consolidação dos resultados com baixa alavancagem financeira, investimentos robustos em tecnologia e inovação, em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, processos e materiais, em automação/robotização, comprometimento com a agenda ESG (sigla em inglês para “ambiental, social e governança corporativa”), assim como a capacitação e desenvolvimento de pessoas.

Nos últimos cinco anos, a Taurus realizou R$ 582 milhões em investimentos de modo a dar sustentação ao crescimento da empresa e garantir solidez. E, nos próximos ciclos, os investimentos serão voltados a manutenção e operação, assim como investimentos prioritariamente financiados pela linha da Finep para inovação, com juros bastante competitivos.

 

A empresa segue com foco em inovação, promovendo o uso de materiais inéditos como Grafeno, Nióbio, DLC (Diamond Like Carbon) e Polímero de Fibras Longas, oferecendo ao mercado armas cada vez mais leves e resistentes. Os produtos com novos materiais foram responsáveis por R$ 39,5 milhões em vendas até outubro de 2023.

 

Cerca de 18,5% da receita em armas nos 9M23 foi da venda de novos produtos, o que demonstra que a Taurus é uma empresa de armas leves que se adapta ao que o mercado demanda. Entre janeiro e setembro de 2023 foram lançados 22 modelos de armas e 4 de supressores. E, entre as novidades para 2024, a Taurus prevê lançar um novo calibre .38 TCP (Taurus Pistol Caliber), voltado as plataformas G e GX4, dentro do limite máximo de energia estabelecido pela legislação.

 

De acordo com o CFO e diretor de RI da Taurus, Sergio Sgrillo, a empresa apresenta perfil financeiro equilibrado e solidez na estrutura de capital líquida com baixa alavancagem. Sua Dívida líquida /Ebtida Ajustado passou de 11,17 em 31 de dezembro de 2018 para 0,94 em 30 de setembro de 2023.

 

O número de acionistas cresceu de 4.158 em 2018 para 113.644 até novembro de 2023. E a empresa conta com um programa de recompra de 3,3 milhões de ações autorizado em 21 de junho de 2023 pelo prazo de até 18 meses. A Taurus segue com o compromisso de remunerar os acionistas. Foram 371,1 milhões em dividendos pagos desde a retomada em 2022. A empresa ainda dispõe de R$ 304,7 milhões em reserva estatutária, equivalente a 35% do lucro líquido ajustado.

A companhia está em um processo de internacionalização muito forte, levando seu modelo de negócio para outros países, transferindo tecnologia. Em novembro de 2023, foi concedida a licença de operação da fábrica na Índia e a cadeia de fornecedores desenvolvidos localmente está em processo de homologação. Também está em andamento um estudo de constituição de uma joint venture na Arábia Saudita com a Scopa Defense Trading para distribuição dos produtos Taurus na área do CCG (Conselho de Cooperação dos Estados Árabes do Golfo).

 

Eduardo Minghelli, Diretor de Supply Chain da Taurus, falou durante o Investor Day 2023 sobre a atuação global da Taurus, que conta com fábrica no Brasil, nos Estados Unidos e na Índia, escritório regional na Arábia Saudita, e uma ampla e eficiente rede de distribuidores, cadeias varejistas, revendedores e lojas no mundo.

No Brasil, apesar da redução do volume de venda de armas, as perspectivas futuras são positivas, pois há uma grande demanda reprimida devido à ausência de regulamentação. Nos EUA, o índice de intenção de compras de armas NICS de novembro foi 5% superior em relação ao ano anterior e 16,5% em comparação a outubro de 2023. As perspectivas para o último trimestre apontam para um aumento da demanda, considerando também a sazonalidade desse período e as vendas na Black Friday acima das expectativas. Já em 2024, por ser um ano de eleições presidenciais nos EUA, há a possibilidade de uma maior movimentação no mercado de armas, pois, historicamente, a insegurança com relação à política a ser adotada leva ao aumento da demanda.

 

Pioneira na área de segurança e defesa no mundo a adotar a pauta ESG, a Taurus vem empenhando grandes esforços em inciativas sociais, ambientais e de governança, por meio de projeto estratégico iniciado em 2022, que engloba o desenvolvimento das pessoas, tecnologia, inovação, e um ambiente colaborativo, considerando o vigor das pessoas como um importante pilar para enfrentar os desafios. A coordenadora de ESG da Taurus, Patricia Schacker dos Anjos, falou durante a reunião APIMEC sobre os avanços da companhia na área e as futuras iniciativas.

 

A gestão da companhia segue comprometida no processo de evolução das ações que constam no Relatório de Sustentabilidade e em ampliá-las, assim como na redução da emissão de gases de efeito estufa. Em 2023, a Taurus conquistou o Selo Bronze do Programa Brasileiro GHG Protocol (certificação concedida a empresas que demostram comprometimento com a divulgação de dados de suas emissões de gases de efeito estufa).


Selo Assiduidade APIMEC 6 anos

Em reconhecimento pelo constante relacionamento com investidores e analistas, a Taurus recebeu o selo Assiduidade APIMEC Brasil 2023 por 6 anos de apresentações ininterruptos. O certificado tem como objetivo fortalecer a imagem das empresas que atuam em linha com a boa governança corporativa, salientando a transparência, a prestação de contas e a equidade na divulgação das informações.

Os analistas e investidores, ao final das apresentações, tiveram a oportunidade de fazer perguntas aos executivos da empresa, que responderam e esclareceram todas as dúvidas.

 

Confira a apresentação completa da reunião APIMEC em https://www.taurusri.com.br/

Fonte: Imprensa Taurus

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top