Atividade industrial reduz 2% no último trimestre de 2023

Queda nas exportações foi um dos principais motivos para o desempenho negativo

01/12/2023

 

 

 

A redução das exportações, menor arrecadação municipal e a criação de poucas vagas de emprego fizeram com que o Nível de Atividade de São Leopoldo retraísse em 2% no terceiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2022.

 

As informações fazem parte da 22ª edição do Boletim Socioeconômico Trimestral da ACIST-SL e foram divulgadas nesta sexta-feira, 1, na sede da Associação.

 

A apresentação foi feita pelo economista Marcos Lélis, que coordena o Núcleo de Excelência – Competitividade e Economia Internacional da Unisinos.

 

 

Ele destacou que as crises geopolíticas na Europa e no Oriente Médio vêm se refletindo no desempenho dos embarques de todo o País e, em consequência, também em São Leopoldo, cuja matriz produtiva industrial exportadora muito forte.

 

Conforme o levantamento, as exportações locais reduziram 12,8% no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2022. O faturamento total foi de US$ 124,5 milhões, contra os US$ 142,7 milhões.

O embarque de máquinas não elétricas caiu 21,8%, enquanto o de motores de pistão caiu 56,4%.

 

Ambos têm importante participação sobre o total do faturamento obtido com o mercado internacional: 25% e motores, 11,7%.

 

 

O desempenho das exportações de armas e munições, por outro lado, ficou positivo em 25%. A participação sobre o total do faturamento é de 39,3%, o que demonstra a importância desta indústria para a arrecadação de São Leopoldo.

 

A geração de empregos, por sua vez, ficou positiva, mas muito abaixo da registrada no terceiro trimestre de 2022.

 

Com um estoque de emprego estimado no município de 54.367 pessoas formalmente empregadas até setembro desde ano, a geração de empregos formais (saldo de admitidos menos desligados) no município foi de 50 vagas criadas no 3º trimestre de 2023. No mesmo período de 2022, foram 256 vagas.

 

Qualidade de vida – O Bloco Temático desta 22ª edição do BST foi a Percepção da Qualidade de Vida de São Leopoldo.

 

O Boletim contou com o  patrocínio da Sicredi Pioneira, Frontec, Talent Gestão e Treinamento e apoio do SEBRAE.

 

 

Fonte: Imprensa ACIST-SL | SENHA Comunicação Integrada

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top