ACIST SL – Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo Tempo de Brincar no Museu Visconde de São Leopoldo

10 de outubro de 2018

ACIST SL - Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo - Tempo de Brincar no Museu Visconde de São Leopoldo

O Museu Histórica Visconde de São Leopoldo (MHVSL) promoverá, dias 12 a 14 de outubro, a exposição Tempo de Brincar. Segundo o diretor Giovanni Mesquita, a concepção geral das atividades tomou como tema a ideia/brincadeira Buraco de Minhoca. “Na física, um buraco de minhoca (wormhole) é um fenômeno topológico hipotético no qual a viagem pelo espaço e tempo seria possível. Conectando assim não só uma parte a outra do universo, mas também o tempo passado ao presente e ao futuro decompondo, dessa maneira, toda a nossa noção sobre a constituição desses dois eventos”, explica.

Entretanto, a memória já é por si um “buraco de minhoca” por que guarda sempre “um passado no presente” com o qual estamos constantemente ligados e que voltamos com maior ou menor frequência. O “quintal da nossa infância”, momento de construção do indivíduo e das suas principais descobertas. “Nosso projeto expográfico e nossa agenda de atividades pretendem, no mês das crianças, propor essa viagem ao tempo para às crianças de todas as épocas. Indo dos vídeos games das décadas de 80, 90 e 2000, aos brinquedos artesanais e aqueles construídos pelas próprias crianças. Dos Ataris aos carrinhos de lomba, dos ferroramas as pandorgas. Dessa forma construindo diálogo intergeracional na ideia da viagem no espaço tempo”.

O destaque vai para os vídeo games retro. Com o apoio de Rodrigo Fauth, da Rödërick & Fauth Games, entre outros amigos do Museu, serão instalados mais de vinte consoles antigos em exposição. Os games vão desde o lendário Atari 2600, 1983 até Playstation One da Sony. Rodrigo Fauth estará presente dando os detalhes sobre a evolução dos vídeo games no Brasil.

A exposição está inclusa na Primavera de Museus e tem por objetivo juntar ao museu todas as gerações da Cidade, chamando a atenção para a importância da memória e dos laços fraternais. Mesquita lembra que a iniciativa está integrada à necessidade do Museu de atrair novos sócios e colaboradores nesse difícil momento de crise financeira. Para isso foi lançada no ano passado a campanha Seja Sócio Mantenedor, que tem o lema ‘Oficialize seu compromisso com a história e a cultura de São Leopoldo’.

Na atividade do mês também haverá músicas infantis tocadas por instrumentistas de musicas clássicas, contação de estórias, a performance A dança do Dragão Negro, noite no Museu, dentre outras.


Notícias Relacionadas


Museu Histórico Visconde de São Leopoldo


Comentários