ACIST SL – Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo Instituto Aurora traz Giane Guerra para São Leopoldo

8 de outubro de 2018

ACIST SL - Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo - Instituto Aurora traz Giane Guerra para São Leopoldo

No dia 12 de novembro, o Instituto Aurora irá trazer para São Leopoldo a jornalista de economia Giane Guerra, que atua no Grupo RBS. Logo após o resultado final das eleições, ela, que é uma das mais importantes comunicadoras do assunto no Rio Grande do Sul, vai abordar e debater com os presentes as perspectivas econômicas para o próximo ano, já com o resultado das eleições definido. O evento será realizado no auditório do Platinum Executive Center, às 19h e tem um investimento de R$ 170,00, sendo que parte da renda será revertida ao Museu Histórica Visconde de São Leopoldo.
A vinda da jornalista faz parte do foco do Instituto, que tem como objetivo desenvolver a comunidade na qual está inserida, seja através de cursos de capacitação e atualização, palestras, workshops, seja no trabalho social que realiza através deles. O Instituto Aurora tem como missão o desenvolvimento positivo da comunidade. Idealizado por três mulheres que possuem sua origem familiar na história da educação de São Leopoldo, os planos são altos.

Sobre o Instituto Aurora – Foi criado por Elisabeth Schreiber e Larissa Schreiber de Azevedo, respectivamente neta e bisneta do professor Gustavo Schreiber que em 1949 fundou o Instituto de Ensino Comercial de São Leopoldo e que hoje leva o seu nome. Junto a elas está Deisy Rückert, filha do ex-diretor e professor do Instituto Rio Branco, Harry Rückert, que atuou à frente da instituição por quase 50 anos. A história que as uniu se remonta ao passado. Ambas conviveram com o ensino desde a infância, apaixonando-se por ele ao verem o entusiasmo de seus pais com a educação.

“A educação, o lecionar e ensinar, é algo que está em nosso sangue, que é muito natural para nós. Iniciei minhas atividades como professora quando ainda estudante de Direito, ensinando Direito e Legislação para os cursos de técnico de contabilidade.  Após minha formação em Direito, além de advogar, desenvolvi por 25 anos o magistério no ensino superior na UNISINOS e na PUCRS. Então, pensar em educação e acreditar nela é a base de quem sou. A sociedade em que vivemos mudou, assim como as necessidades de formação também, que exige constante aperfeiçoamento e capacitação de profissionais”, aponta Elisabeth.

O objetivo do Instituto Aurora é promover cursos de capacitação para o profissional, seja empreendedor, empresário, microempresário, gestor de negócios, profissional liberal ou colaborador. “Englobamos tudo que é necessário para o desenvolvimento dos empresários e suas empresas. Sejam as pequenas lacunas de expertises, ou questões maiores relacionadas à gestão financeira, por exemplo”, aponta.

Deisy explica que, enquanto empreendedora, sentia que a grande dificuldade das pessoas que se arriscam em criar empregos nesse país é a falta de capacitação específica. “Temos um perfil muito forte, na nossa região, de empreendedores que começam a sua empresa sem um grande preparo. As coisas vão acontecendo e ele vai resolvendo os problemas conforme eles chegam. Muitas vezes, só se dão por conta que precisam de um conhecimento quando arriscam e o negócio dá errado. Perdem dinheiro, aprendem errando e então vão acertando para o próximo passo”. Nesse contexto, “criamos o Instituto Aurora, para auxiliar na formação do empreendedor e a capacitação de seus colaboradores”, explica Deisy.

Todos os eventos promovidos pelo Instituto Aurora possuem renda revertida para alguma instituição social da cidade. O primeiro aconteceu no início de setembro e trouxe para São Leopoldo uma palestra que é sucesso em Porto Alegre: Empreendedorismo, Carreira e Astrologia, que abordou sobre a importância da Ciência Astrológica no campo dos negócios. Dois professores universitários da capital palestraram para um auditório lotado aqui em São Leopoldo. Na ocasião, parte da renda foi revertida para o Lar da Criança Vovó Maria, que atua na Educação Infantil de crianças em situação de vulnerabilidade social no bairro Santo André.

“Nós acreditamos que sim, é preciso desenvolver e capacitar as nossas empresas e seus empresários para que a cidade cresça. Só assim se geram novos empregos e se gira a economia. Mas nossa missão é mais do que isso: queremos auxiliar na transformação social como um todo. Queremos unir os dois. Promover o desenvolvimento tanto das empresas, quanto a parte social”, afirma Larissa, uma das diretoras do Instituto e também a pessoa responsável pela área de comunicação. “Por isso optamos que cada um dos nossos eventos tenha renda revertida para alguma instituição social. Assim, unimos nossos dois anseios”, completa.

Fonte: Larissa Schreiber de Azevedo

Jornalista

51 9986 9607

 


Notícias Relacionadas


Associada ACIST-SLInstituto Aurora


Comentários