Entidades de mobilizam contra o fechamento da Receita Estadual

05/08/2019

 

 

 

A ACIST-SL integra, junto com Sincontecsinos, Sindimetal, Sindilojas, OAB, CDL , dentre outras, o grupo de entidades locais que está gestionando o não fechamento da agência da Receita Estadual de São Leopoldo, prevista para o dia 31 de agosto. 

 

A agência, que tem 60 anos de atividades, atende cerca de duas mil empresas de diversos setores da economia e recebe mensalmente em torno de 500 atendimentos presenciais.  Segundo nota da Secretaria Estadual da Fazendo, a Receita Estadual passa por reestruturação administrativa e a ação visa a redução de despesas e otimização da sua estrutura administrativa.

 

Porém, para o movimento contrário à decisão, a justificativa é falha, afinal o prédio de São Leopoldo pertence ao Estado, enquanto a repartição de Novo Hamburgo tem um aluguel que custa em torno de R$ 40 mil. “Temos certeza de que essa decisão não foi estudada, pedimos a prorrogação para análise, que foi negada. Estamos defendendo uma comunidade que será prejudicada”, diz o auditor fiscal da Receita Estadual, Christiano Ströler.

› Compartilhe

— LEIA TAMBÉM —

novidades

Receba nossas novidades. Cadastre-se gratuitamente.

Top